Fozhabita fará novo Cadastro Reserva para o Residencial Angatuba

O Instituto de Habitação de Foz do Iguaçu (FOZHABITA) publicará nesta sexta-feira (04), no Diário Oficial do Município, a lista das famílias que irão concorrer a 60 vagas de Cadastro Reserva para o Residencial Angatuba, localizado na região de Três Lagoas. 

O cadastro reserva é necessário tendo em vista as desistências e desclassificações de famílias que residiriam nos apartamentos, entregues em setembro deste ano. 

Mais de 3 mil pessoas com renda familiar de até R$ 1,8 mil estão aptas concorrer as vagas e a participar do sorteio, que será realizado na próxima semana, com transmissão pelas redes sociais, em data a ser divulgada pela Prefeitura de Foz do Iguaçu. 

Todos os cadastros foram avaliados pela Caixa Econômica e o sorteio seguirá critérios, priorizando idosos, pessoas com deficiência, doentes crônicos, família monoparentais, famílias onde a mulher é a responsável pelo lar, famílias com mulheres que possuem medidas protetivas e famílias que vivem em áreas de risco.

Cada unidade do Residencial Angatuba possui dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço distribuídos em 48 metros quadrados. O residencial conta ainda com estacionamento, quiosques com churrasqueiras e quadra de areia. O investimento foi de R$ 27 milhões, financiados pelo Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) faixa 1.

Ainda no mês de dezembro, o Fozhabita fará o sorteio de apartamentos do Residencial Boicy 1 e em janeiro do Residencial Boicy 2.

3 Comments

  1. Eu tenho cadastro no foz habita…Mas até agora nada…
    Eu poderia fazer um cadastro no cohapar ou não posso por ter cadastro no foz habita??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paraná recebe mais 146,8 mil doses da vacina contra a Covid-19

O Paraná recebeu mais 146,8 mil doses da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo. O novo lote chegou ao estado na manhã desta quarta-feira (3).

Até terça-feira (2), 317.461 pessoas haviam sido imunizadas no Paraná, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Destas, 112.820 receberam duas doses do imunizante.

Com o novo lote, até agora, o Paraná recebeu 853 mil doses de vacinas contra a Covid-19 do Ministério da Saúde. Atualmente, as unidades enviadas são da CoronaVac/Butantan e Oxford/AstraZeneca.

Leia mais no G1

Boletim registra 4.666 novos casos de Covid-19 no Paraná. Já foram aplicadas 435.839 doses das vacinas

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira (3) 4.666 novos casos de Covid-19 e 118 mortes pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento mostram que o Paraná soma 656.410 casos confirmados e 11.888 mortes em decorrência da doença. Há ajustes ao final do texto.

Os casos divulgados nesta data são de março (3.169), fevereiro (1.422) e janeiro (27) de 2021 e dos seguintes meses de 2020: maio (2), junho (1), julho (4), agosto (7), setembro (5), outubro (1), novembro (12) e dezembro (16).

VACINA – Até o final da manhã desta quarta-feira, o Paraná aplicou 435.839 doses da vacina contra a Covid-19 – 323.019 da primeira dose e 112.820 da segunda. Portanto, 323.019 pessoas já foram vacinadas no Estado.

Até o momento, o Paraná recebeu 853 mil doses do Governo Federal, já contabilizando o lote de 146.800 de CovonaVac que chegou na manhã desta quarta.

Veja a distribuição das imunizações.

INTERNADOS – Nesta quarta-feira são 2.143 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19. Destes, 1.857 ocupam leitos SUS (785 UTI e 1.072 clínicos/enfermaria) e 286 da rede particular (116 UTI e 170 e clínicos/enfermaria).

Há outros 1.869 pacientes internados, 656 em leitos UTI e 1.213 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 118 pacientes. São 56 mulheres e 62 homens com idades que variam de 13 a 94 anos. Onze óbitos ocorreram em 2020 e os demais entre 13 de janeiro e 02 de março de 2021.